• Sem contraindicações
  • Sem riscos a saúde em caso de superdosagem
  • Ausência total de toxidez

Insuficiência hepática

Auxilia no tratamento de mau funcionamento do fígado

INDICAÇÕES

  • Melhora funções hepáticas

Figotonus
caixa com 24 und. de 600g
Por: R$332,20
ou 6x de R$55,37 sem juros no cartão
Auxilia no tratamento de mau funcionamento do fígado

Para que serve?

Indicado como auxiliar no tratamento dos casos de mau funcionamento do fígado: Insuficiência Hepática, Requeima e processo de sobrecarga hepática (alimentar, medicamentosa ou tóxica).

MODO DE USAR

Indicações

Indicado como auxiliar no tratamento dos casos de mau funcionamento do fígado (insufi ciência hepática) de bovinos, bubalinos, equídeos, suínos, caprinos e ovinos. Nos casos de foto-dermatose (requeima) dos bovinos/ ovinos e nos processos de sobrecarga hepática independente de sua origem; alimentar, medicamentosa ou tóxica, bem como na convalescença de processos infecciosos em geral.

Posologia e Modo de usar

Ação Preventiva

Animais em pastoreio:

Bovinos e Bubalinos - fornecer adicionando de 600 a 1.200g/ 30 kg de suplemento mineral, garantindo o consumo mínimo de 2 g/cab/dia. Nas propriedades com alta incidência de problemas hepáticos nos rebanhos, as doses podem ser aumentadas, visando a assegurar uma ingestão maior a critério do Médico Veterinário. Estrategicamente fornecer no período de maior risco da ocorrência de requeima; 60 a 90 dias pós-desmama e no período inicial da época de chuvas.

Ovinos e Caprinos: assegurar a ingestão de 1 g/cab/dia.

Animais em confinamentos:

Bovinos e Bubalinos - dietas com alta energia ou grão inteiro, fornecer de 30 a 50g/cab/dia. Em dietas convencionais, com alta fi bra, fornecer de 10 a 15g/cab/dia.

Caprinos e Ovinos: fornecer 3 a 5g/cab/dia conforme o desafi o da formulação e da dieta total.

Ação Curativa

Bovinos e Bubalinos: no caso de animais doentes ou intoxicados, recomenda-se separar os animais em lotes em piquetes bem sombreados e fornecer diariamente o suplemento incorporado com o produto. Para obter o máximo de ingestão e devido aos animais estarem enfraquecidos, sugere-se que seja feita a formulação abaixo, assegurando a ingestão mínima de 20 g/cab/dia do produto; 30kg Sal mineral usual + 20kg Milho moído (ou outro farelo) + 10kg FIGOTONUS = 60 kg.

Suínos: dose preventiva de 5g/cab/dia, e na dose curativa de 20 g/cab/dia. Colocar o produto misturado na ração direto no cocho ou, em casos críticos de intoxicação, misturar o produto com óleo comestível no ponto de pasta e dar diretamente da boca do animal, com auxílio de uma colher.

Equinos: dose preventiva de 10 a 20g/dia e dose curativa de 30 a 40 g/cab/dia. Colocar o produto misturado na ração direto no cocho.

Modo de conservação e validade

Conservar em local seco e arejado, ao abrigo do sol, longe de odores fortes e de fontes com radiação eletromagnética. Assegurar-se que a mistura final fique homogênea. Manter as embalagens sempre bem fechadas após a abertura inicial. Validade de 24 meses a partir da data de fabricação.

ContraIndicações

Não existem. Em caso de dúvidas consulte um Médico Veterinário ou a Real H. 

Apresentação

Embalagens de 600g e saco de 20kg.

PARA OBTER O MELHOR DESEMPENHO DO PRODUTO SIGA AS DICAS DE MANEJO DA REAL H:

• Assegure-se de que a área de cocho é sufi ciente para todos animais do lote;

• Observe rigorosamente as doses indicadas;

• Avalie sempre a qualidade dos alimentos fornecidos, visando obter a melhor resposta do organismo;

• Nas fórmulas produzidas na propriedade, adicione o produto a um dos ingredientes antes de colocar no misturador, assim, reduz perdas por adesão às paredes do equipamento, inclua-o no terço fi nal da mistura;

• Incorpore o produto aos suplementos ou rações de modo a garantir a homogeneidade da mistura fi nal;

• Avalie periodicamente a ingestão efetiva do produto (g/cab/dia). Forneça o produto diariamente durante o tratamento conforme rótulo/bula;

• É importante após o manuseio do medicamento, fechar a embalagem e armazenála em local seco, ao abrigo de luz solar e calor;

• Os produtos não perdem a sua ação mesmo em contato com a chuva. É importante remexer os alimentos no cocho para favorecer a secagem natural;

• Nas propriedades com parasitismos muito intensos e fora de controle, antes de iniciar o tratamento homeopático é necessário fazer uma avaliação minuciosa. As variáveis como genética, histórico do rebanho, manejo, tratamentos convencionais, doses, carga animal, nutrição e nível de produção, devem ser consideradas;

• Em alguns casos, é importante realizar testes diagnósticos complementares; OPG (ovos por grama de fezes), FAMACHA (coloração da mucosa) e BIOCARRAPATICIDOGRAMA (avaliação da efi cácia dos carrapaticidas), para a defi nição da melhor estratégia de combate;

• Nestas propriedades, com frequência, os animais necessitam de tratamentos complementares, face ao grande desequilíbrio ecológico presente. Estes tratamentos devem ter sua efi cácia acompanhada para que ajustes nas doses sejam implementados;

• Cumpra fi elmente o calendário sanitário ofi cial. Avalie a necessidade de outras vacinações;

• Em casos especiais consulte sempre o Médico Veterinário responsável ou o Departamento Técnico da Real H.

PARA OBTER O MELHOR DESEMPENHO DO PRODUTO SIGA AS DICAS DE MANEJO DA REAL H:

• Assegure-se de que a área de cocho é sufi ciente para todos animais do lote;

• Observe rigorosamente as doses indicadas;

• Avalie sempre a qualidade dos alimentos fornecidos, visando obter a melhor resposta do organismo;

• Nas fórmulas produzidas na propriedade, adicione o produto a um dos ingredientes antes de colocar no misturador, assim, reduz perdas por adesão às paredes do equipamento, inclua-o no terço fi nal da mistura;

• Incorpore o produto aos suplementos ou rações de modo a garantir a homogeneidade da mistura fi nal;

• Avalie periodicamente a ingestão efetiva do produto (g/cab/dia). Forneça o produto diariamente durante o tratamento conforme rótulo/bula;

• É importante após o manuseio do medicamento, fechar a embalagem e armazenála em local seco, ao abrigo de luz solar e calor;

• Os produtos não perdem a sua ação mesmo em contato com a chuva. É importante remexer os alimentos no cocho para favorecer a secagem natural;

• Nas propriedades com parasitismos muito intensos e fora de controle, antes de iniciar o tratamento homeopático é necessário fazer uma avaliação minuciosa. As variáveis como genética, histórico do rebanho, manejo, tratamentos convencionais, doses, carga animal, nutrição e nível de produção, devem ser consideradas;

• Em alguns casos, é importante realizar testes diagnósticos complementares; OPG (ovos por grama de fezes), FAMACHA (coloração da mucosa) e BIOCARRAPATICIDOGRAMA (avaliação da efi cácia dos carrapaticidas), para a defi nição da melhor estratégia de combate;

• Nestas propriedades, com frequência, os animais necessitam de tratamentos complementares, face ao grande desequilíbrio ecológico presente. Estes tratamentos devem ter sua efi cácia acompanhada para que ajustes nas doses sejam implementados;

• Cumpra fi elmente o calendário sanitário ofi cial. Avalie a necessidade de outras vacinações;

• Em casos especiais consulte sempre o Médico Veterinário responsável ou o Departamento Técnico da Real H.

CASOS DE SUCESSO

Viabilização técnica e econômica de dietas 100% concentrado (CAB-38 + Grãos de milho inteiro + pellets de bagaço de cana-de-açúcar) aditivadas com produto homeopático protetor da atividade hepática na terminação de novilhos de corte em confinamento

08/09 a 01/12

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO
CENTRO OESTE DO PARANÁ- Guarapuava

Mikael Neumann
Engº Agrº, Dr., Prof. do Curso de Mestrado em Agronomia na Área de Produção Vegetal da UNICENTRO-PR. 

 

OBJETIVO: avaliar consumo de matéria seca e desempenho dos animais terminados em confinamento utilizando dieta de alta energia (100% concentrado) com e sem adição de núcleo Homeopático HB FIGOTONUS.

Animais utilizados: 16 novilhos cruzados com idade média de 10 meses e peso médio inicial de 350 Kg.

Duração do experimento: 105 dias com período de adaptação à nova dieta e instalação do confinamento de 14 dias.

DIETAS TESTADAS:

  • T1 - Dieta 100% concentrado: 80% grão de milho inteiro + 20% núcleo proteico com fornecimento ad libitum + fornecimento fixo de 0,7 Kg de pelete de bagaço de cana/animal/dia, sem produtos Homeopáticos.
  • T2 - Dieta 100% concentrado: 80% grão de milho inteiro + 20% núcleo proteico com fornecimento ad libitum + fornecimento fixo de 0,7 Kg de pelete de bagaço de cana/animal/dia, com produto Homeopático.
  • 40g de Figotonus

 

LOTE CONTROLE

 

 

 

Ganho Dia

1.435

g/dia

Cons MS

8.830

g/dia

Conv Alim

6,48

 

Rend Carc

54,7%

 

 

 

 

PI = 350,2 // PF=495,0

 

 

LOTE FIGOTONUS

 

 

 

Ganho Dia

1.577

g/dia

Cons MS

9.250

g/dia

Conv Alim

6,07

 

Rend Carc

55,9%

 

 

 

 

PI = 336,8 // PF=514,0

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

 

Ganho a mais de 142 g/dia com CA 6,3% menor.

O FIGOTONUS nas Dietas de Alta Energia (alto amido). Melhorou o ganho de peso, melhorou a Conversão Alimentar com significância estatística.

 
VANTAGENS DO USO

O fígado é a maior glândula dos bovinos (representa cerca de 2% do PV) e é o principal responsável pela saúde em geral e pela produção animal. O fluxo sanguíneo via sistema porta, transporta todos os nutrientes frutos da fermentação ruminal e dos processos digestivos que ocorrem no abomaso e intestinos para o fígado. A complexidade e importância das funções hepáticas são muito significativas, por exemplo, sabe-se que pelo fígado de vacas leiteiras de alta produção, passa por hora, aproximadamente 2.000 litros de sangue, que são filtrados.

O filtro (fígado) retém compostos nocivos (toxinas), sequestrando, processando e eliminando-os, e concomitante o fígado elabora novos produtos e fatores e libera-os para seguirem com o sangue para os locais de sua utilização.

O Figotonus também tem ação geral. Seu foco é o Fígado e a importância que este desempenha para a economia animal lhe dá esta amplitude de ação. A saúde do fígado é fundamental para o desempenho do organismo. Sob sua ação as funções hepáticas são estimuladas, reguladas e dependendo da gravidade da situação, podem ser recuperadas mais prontamente. Os medicamentos que compõe este produto têm tropismo hepático e é fruto de experimentações científicas com grande equivalência de semelhança. 

A indicação do produto deve ocorrer sempre que houver risco ou sobrecarga hepática como se verifica em determinadas fases da vida animal, como na desmama, nos casos de intoxicação medicamentosa (uso em excesso de vermífugos, hormônios etc...), nas intoxicações tipo fotossensibilizantes como Requeima dos bovinos e a Big Head em ovinos, dietas desafiadoras em gado leiteiro, fase de transição etc... Frequentemente o Figotonus é um Produto parceiro, pois, via de regra, o Fígado é um dos primeiros órgãos a sofrer nos casos de doenças metabólicas e nas toxicoses, bastante frequentes na pecuária de leite moderna.

Sua utilização constante, em escala preventiva, proporciona melhora do funcionamento deste órgão, bem como a eliminação preventiva de toxinas do organismo.

DÚVIDAS

a) Este produto pode deixar resíduo?

Não. Por se tratar de um produto natural, sua técnica de produção ultrapassa a divisibilidade da matéria, restando ao final apenas a energia do medicamento.

b) Como posso fornecer o produto?

O fornecimento deve ocorrer diretamente na alimentação dos animais, seguindo as doses preconizadas de acordo com a categoria e divididas em dois tratos diários.

c) Quanto tempo demora a verificar os resultados?

A resposta é rápida, principalmente por melhorar o equilíbrio orgânico do rebanho, reduzindo o estresse. Sua ação de drenagem com eliminação das toxinas, proporciona o retorno ao funcionamento do fígado.

d) Não tenho como separar o rebanho, posso fornecer para todas os animais da propriedade?

Sim. Não existe contra indicações, por isso o produto pode ser fornecido para todas as categorias. Sua ação preventiva eliminará constantemente as toxinas presente no organismo animal, potencializando os resultados na produção, reprodução, etc...

e) Qual o princípio ativo contido neste produto?

Os produtos homeopáticos utilizam ingredientes do Reino Animal, Mineral e Vegetal em sua composição.

f) Posso utilizar mais de um produto numa mesma mistura?

Sim. Os produtos homeopáticos não anulam a função um do outro, ou seja, um potencializa a função do outro. Podendo ser trabalhados vários desafios em uma única alimentação. Ex: via ração podemos utilizar ate três produtos.

g) Posso utilizar em vacas de concurso leiteiro?

Sim.

h) A indicação para a fase de transição?

Sim.

Descrição

Detalhes

Indicado como auxiliar no tratamento dos casos de mau funcionamento do fígado: Insuficiência Hepática, Requeima e processo de sobrecarga hepática (alimentar, medicamentosa ou tóxica).

Informação Adicional

Informação Adicional

Título Insuficiência hepática
Sub-título Auxilia no tratamento de mau funcionamento do fígado
Resultados

Viabilização técnica e econômica de dietas 100% concentrado (CAB-38 + Grãos de milho inteiro + pellets de bagaço de cana-de-açúcar) aditivadas com produto homeopático protetor da atividade hepática na terminação de novilhos de corte em confinamento

08/09 a 01/12

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO
CENTRO OESTE DO PARANÁ- Guarapuava

Mikael Neumann
Engº Agrº, Dr., Prof. do Curso de Mestrado em Agronomia na Área de Produção Vegetal da UNICENTRO-PR. 

 

OBJETIVO: avaliar consumo de matéria seca e desempenho dos animais terminados em confinamento utilizando dieta de alta energia (100% concentrado) com e sem adição de núcleo Homeopático HB FIGOTONUS.

Animais utilizados: 16 novilhos cruzados com idade média de 10 meses e peso médio inicial de 350 Kg.

Duração do experimento: 105 dias com período de adaptação à nova dieta e instalação do confinamento de 14 dias.

DIETAS TESTADAS:

  • T1 - Dieta 100% concentrado: 80% grão de milho inteiro + 20% núcleo proteico com fornecimento ad libitum + fornecimento fixo de 0,7 Kg de pelete de bagaço de cana/animal/dia, sem produtos Homeopáticos.
  • T2 - Dieta 100% concentrado: 80% grão de milho inteiro + 20% núcleo proteico com fornecimento ad libitum + fornecimento fixo de 0,7 Kg de pelete de bagaço de cana/animal/dia, com produto Homeopático.
  • 40g de Figotonus

 

LOTE CONTROLE

 

 

 

Ganho Dia

1.435

g/dia

Cons MS

8.830

g/dia

Conv Alim

6,48

 

Rend Carc

54,7%

 

 

 

 

PI = 350,2 // PF=495,0

 

 

LOTE FIGOTONUS

 

 

 

Ganho Dia

1.577

g/dia

Cons MS

9.250

g/dia

Conv Alim

6,07

 

Rend Carc

55,9%

 

 

 

 

PI = 336,8 // PF=514,0

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

 

Ganho a mais de 142 g/dia com CA 6,3% menor.

O FIGOTONUS nas Dietas de Alta Energia (alto amido). Melhorou o ganho de peso, melhorou a Conversão Alimentar com significância estatística.

 
Nº de parcelas 6
Comentários

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Novidades e ofertas

Cadastre-se e receba com exclusividade descontos, novidades e promoções.

Glossário animal:

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ