Dr. HomeoPet

Navegue pelo blog

Navegue pelo blog

Guia de Raças: Ragdoll

4 de setembro de 2020 | Felinos, Guia de Raças
Guia de Raças: Ragdoll

Embora pouco conhecida no Brasil, a raça ganha cada vez mais adeptos. Isso porque o Ragdoll é um gato muito dócil, amável, atencioso e fiel aos seus tutores.

Em princípio, o Ragdoll teve origem em 1960, em Riverside, cidade da Califórnia (EUA). É o resultado da cruza de uma gata Angora, chamada Josephine, com um gato Sagrado da Birmânia. Dessa forma nasceram animais de grande porte e muito dóceis.

A criadora da raça foi Ann Backer, mas quem teve grande importância no desenvolvimento foram Denny e Laura Dayton.

Como resultado, uma característica marcante dos animais é a semelhança com cachorros, podendo, inclusive, passar por treinamentos. Sem dúvida, o fato é basteante incomum em felinos domésticos.

De fato, utilizando a técnica de reforço positivo, é possível ensinar vários truques ao Ragdoll, inclusive buscar bolinha. Isso porque ele demosnstra-se mais inteligente que a maioria dos gatos.

Dificilmente esse gato vai se colocar em uma situação de onde não consiga sair.

São animais muito carinhosos e que se dão muito bem com crianças, com outros animais e até mesmo com as visitas.

Estes gatos têm muita energia e gostam de brincar com os humanos. Também são animais carentes e precisam de bastante atenção. Sendo assim não são gatos que gostem de ficar sozinho o dia todo.

É uma raça para propícia para dentro de casa, junto com a família.

Uma curiosidade sobre essa raça é o nome. Ragdoll quer dizer “boneca de pano”, em inglês. O nome refere-se ao comportamento do animal. Quando está no colo de humanos ficar tão relaxado e “molinho”, que é possível manuseá-lo como quiser.

Características

O Ragdoll é considerado um dos maiores gatos domésticos que existe. Os animais dessa raça podem chegar a 60 cm de altura e pesarem de 4 a 9 kg.

A cabeça é larga, de tamanho médio e triangular, com aparência plana entre as orelhas, o focinho é arredondado e de tamanho médio, os olhos são ovais e grandes de coloração azul.

Tem pelo semilongo, que é macio ao toque. As cores clássicas são: sealt, azulado, chocolate, vermelho, lilás e creme.

Existem 3 padrões de pelagem reconhecidos e aceitos: Colorpoint, Mitted e Bicolor.

Colorpoint: É o padrão básico do Ragdoll. Tem as extremidades do corpo escuras, e não pode possuir nenhum branco.

Mitted: Segue o mesmo padrão do Colorpoint, porém com colocações de branco em lugares bem definidos do corpo. Luvas nas patas dianteiras; Queixo obrigatoriamente branco, abrindo-se para o colar, correndo em faixa por toda a extensão da barriga, sem interrupções até o início da cauda. Aceita-se Blaze ou Flama, com uma chama branca entre os olhos. Sendo denominados Mitted como Blaze ou Flama.

Bicolor: Apresenta colocação do branco em diferentes partes e em maior quantidade.  Apresenta no rosto uma máscara branca em formato de V invertido, o mais simétrico possível. Suas patas e barriga devem ter a maior parte de sua coloração em branco, bem como o queixo.

Cuidados com a saúde.

Via de regra são animais bastante saudáveis. Os cuidados básicos incluem visitas frequentes ao veterinário, manter as vacinas em dia, manter o animal livre de parasitas, como pulgas e vermes.

É importante fornecer uma alimentação de qualidade, pois trata-se de animais de lento desenvolvimento e que, sendo assim, precisam receber os nutrientes adequados para que cheguem a vida adulta com saúde. Pouquíssimos casos necessitam suplementos e vitaminas, mas isso quem define é o médico veterinário.

Outro cuidado é em relação ao pelo, que pode formar nós, por isso deve-se fazer a escovação diária dos pelos. Este cuidado também serve para remover os pelos mortos o que diminui a ingestão de pelos, evitando assim a formação de bolas de pelo, que podem causar vômitos e problemas intestinais.

Consulte sempre o médico veterinário e utilize os medicamentos homeopáticos Homeo Pet em seus animais. É 100% seguro e eficiente.

Voltar ao topo
Copyright © Real H. Todos os direitos Reservados