Dr. HomeoPet

Navegue pelo blog

Navegue pelo blog

Intoxicação Alimentar Pode Matar O Seu Pet

9 de janeiro de 2020 | Curiosidades Animais, Guia de Doenças

Festas de fim de ano e férias costumam mudar a nossa rotina, sobretudo quanto a alimentação, com muitas comidas diferentes, visitas em casa ou viagens. E é justamente nessa época que os animais sofrem intoxicação alimentar.

O fato é que sempre cai alguma comida, além de pessoas de fora que ficam com dó e acabam dando alguns petiscos. Saiba que essa atitude de carinho pode ser um perigo para os nossos pets.

Acontece que os animais não têm o organismo preparado para todos os alimentos que o ser humano consome, podendo ser altamente tóxicos. Alimentos muito condimentados e gordurosos podem causar sérios danos à saúde do animal. Um pequeno pedaço de chocolate ou até mesmo alimentos que parecem inofensivos, como cebola, uva, alho, abacate, entre outros, podem fazer muito mal e provocar quadro de vômito e diarreia.

Este problema é ainda mais grave para animais que só comem ração, pois o organismo acaba se tornando ainda mais sensível a qualquer alimento diferente da dieta habitual. O ideal é orientar os convidados a não fornecer nenhum tipo de alimento para o animal, mesmo que ele peça.

Mas, às vezes, isso acontece sem que tenhamos percebido. Então é importante ficar atento a alguns sinais de intoxicação que o animal pode apresentar, como:

  • Vômito;
  • Sialorreia (salivação excessiva);
  • Apatia;
  • Diarreia;
  • Dor abdominal;
  • Perda de apetite.

Em casos mais graves podem ocorrer convulsões.

A intensidade dos sintomas vai depender do tipo de alimento ingerido, da quantidade e da sensibilidade do animal.

O tratamento de intoxicação alimentar é feito de acordo com os sintomas que o animal apresenta. Quando o paciente apresenta vômito e diarreia e provavelmente um quadro de desidratação, pode ser necessária internação e fluidoterapia. Medicações para controle de vomito, diarreia e para o fígado também podem ser ministradas. Caso tenha conhecimento do que foi ingerido é importante informar o veterinário, uma vez que o tratamento pode ser diferente para cada um.

Se o animal apresentar qualquer sinal de que não está bem é muito importante que o tutor leve-o ao médico veterinário imediatamente, pois um quadro de intoxicação pode até mesmo levar o animal a morte.

Não esquecer, claro, dos cuidados com produtos “não comestíveis”, como plantas (algumas são extremamente tóxicas), produtos de limpeza, etc. Alguns animais mais curiosos podem mexer nesse tipo de coisa. Então, no caso de planta o ideal é verificar se alguma das que você tem em casa pode ser toxica e limitar o acesso a elas. Quanto a produtos de limpeza ou produtos químicos, deixar sempre fora do alcance dos animais.

Para evitar esse tipo de problema a Real H criou o Pró-Fígado, medicamento indicado para o tratamento de hepatopatias funcionais e lesionais. O produto pode ser utilizado para auxiliar no tratamento de intoxicação alimentar, promovendo o melhor funcionamento do fígado em animais de todas as idades. Não tem contraindicação ou riscos de efeitos colaterais. É conveniente associar o Pró-Fígado também em casos de tratamento alopático prolongado.

Em caso de dúvidas consulte a Real H nos seguintes contatos: realh.com.br | Telefone: (67) 3028-9000 | Whatsapp: (67) 99906-8834

Voltar ao topo
Copyright © Real H. Todos os direitos Reservados