Dr. HomeoPet

Navegue pelo blog

Navegue pelo blog

Como ensinar o cão a urinar no local certo.

6 de agosto de 2018 | Dicas do Samuca

A principal motivação para que o cão urine é a eliminação de conteúdo da bexiga, quando esta está repleta de urina. Porém, em alguns momentos o animal pode urinar sem relação direta com o esvaziamento da bexiga. As principais causas são:

  • Micção submissa: acontece quando o cão entra em contato com algum individuo que ele considera hierarquicamente superior ou que o amedronte de alguma forma.
  • Micção induzida por excitação ou conflito: é mais comum em filhotes e está relacionada a situações que causem excitação ou medo.
  • Marcação territorial; Comportamento comum dos cães machos não castrados. O cão, ao marcar, deixa seu “cartão de visitas”. O estimulo para marcação é a detecção de algum cheiro na área que o cão considera como seu território.
  • Ansiedade: devido a alterações bioquímicas no organismo desencadeadas pelo estresse, pode ocorrer a eliminação inapropriada de urina ou fezes.

É importante considerar também fatores como a idade do animal, no caso de idosos pode ocorrer perda do controle do esfíncter e assim o cão não consegue esperar chegar ao “banheiro” para eliminar a urina. E, a possibilidade de doenças como cistite, incontinência urinárias, entre outros, que podem ocasionar a eliminação de urina em locais errados. Procure um médico veterinário.

Ensinando o cão a urinar no local correto.

A principal coisa que o tutor deve ter em mente quando vai ensinar o local certo de urinar e defecar a um cão é que será necessário tempo, paciência e persistência. Além disso, é mais fácil ensinar o local correto a um cão filhote do que para um animal mais velho.

Existem várias técnicas possíveis baseadas no comportamento da espécie, são elas:

Reforço positivo: nessa técnica o cão é recompensado sempre que se comporta de maneira esperada. Ao ser recompensado aumenta-se a chance do cão repetir o comportamento. Não há punição para o comportamento equivocado. Uma boa opção de recompensa é comida, um petisco próprio para cães, por exemplo.

 

Para processo de educação sanitária é preciso determinar onde será o banheiro e apresenta-lo ao cão. Para facilitar o aprendizado a escolha do local deve considerar alguns aspectos do comportamento do animal:

  • Cães não defecam nem urinam onde comem ou dormem, ou seja, precisa ser afastado destes locais;
  • Cães não eliminam em local sujo;
  • Preferem superfícies absorventes para a eliminação, pode-se pensar em tapete higiênico, jornal, grama, etc;
  • Cães procuram preferencialmente local com referencia de eliminações anteriores.

Técnica de monitoração: nesta técnica o tutor deve encaminhar o animal ao local correto para as eliminações sempre que perceber que este está prestes a urinar ou defecar. No caso de filhotes sabe-se que normalmente urinam logo que acordam, depois que comem, após atividades ou excitação e defecam normalmente depois que comem, nestes momentos o filhote pode ser mantido próximo do banheiro e conduzido a ele quando for o momento.

Durante o processo de aprendizado acidentes podem acontecer, o cão não deve ser hostilizado ou mal tratado devido a um acidente.

No caso de cães mais velhos as mesmas técnicas podem ser aplicadas, porém tendo em mente que será necessário mais tempo, paciência e persistência.

Se seu animal já sabe o local correto, porém está apresentando um comportamento diferente procure um médico veterinário.

Produtos relacionados

Voltar ao topo
Copyright © Real H. Todos os direitos Reservados